EUA elogiam o documento apresentado pela Guiné-Bissau durante a Mesa Redonda de Bruxelas

Os Estados unidos de América felicitaram aquilo que consideram de “visão de desenvolvimento político e económico” da Guiné-Bissau apresentada na Mesa Redonda no passado 25 em Bruxelas, Bélgica.

Em nota distribuída à imprensa, a embaixada americana para a Guiné-Bissau, com residência em Dakar, Senegal, refere que o documento apresentado pelas autoridades de Bissau neste encontro internacional, está “claramente” articulado com as aspirações e os planos específicos necessários para erguer um país “forte, vibrante e próspero” dentro da comunidade da África Ocidental”.

Por isso, segundo o documento, a administração norte-americana agradece a União Europeia, o Programa de Desenvolvimento das Nações Unidas e o próprio Governo da Guiné-Bissau pela organização desta conferência “e que resultou em sucesso”.

Washington afirma-se como um parceiro da comunidade internacional para construir uma relação forte e duradoura com a Guiné-Bissau e que culminará com o cumprimento dos objectivos delineados na conferência de Bruxelas”.

De acordo com a nota, os objectivos do plano é a criação de uma economia “forte e diversificada”, que ofereça oportunidades aos jovens, a reformar e fortalecimento das instituições democráticas, o combate a corrupção, promoção da boa governação e redução da pobreza.

“A Casa Branca está empenhada em continuar a cooperação bilateral com a Guiné-Bissau, no sector da Defesa e Segurança e na reforma do aparelho judiciário guineense, e vai continuar a sua assistência técnica no sector da saúde”, lë-se no comunicado.

Finalmente, os Estados Unidos de América realçaram o progresso alcançado pela Guiné-Bissau nos dez meses que se seguiram as eleições gerais de 2014 e garantiu o apoio contínuo da administração Barack Obama ao país.

A mesa redonda de Bruxelas culminou com o anúncio de apoio financeiro dos parceiros à Guiné-Bissau no valor 1.5 bilhões de dólares americanos para materialização do Plano Estratégico e Operacional de Desenvolvimento da Guiné-Bissau, a médio e longo prazos.

Iosmir Gomes

Redação Geba Press

Editorial GebaPress equipe

Google+
Geba PRESS Contacte-nos contact@gebapress.com
Olá caro visitante! Envie-me uma mensagem e você terá a minha resposta.
Send
MENU