Pais de estudantes desaparecidos poderam recorrer a Tribunais internacionais

Os familiares dos 43 estudantes desaparecidos no México estão dispostos a recorrer a instâncias internacionais para saber do paradeiros dos jovens desaparecidos há quase três meses e acusam o Governo mexicano de não fazer avançar as investigações.

Felipe de la Cruz, porta-voz dos pais, assegurou que a sua luta continuará até que sejam punidos os responsáveis e os jovens encontrados.

«Continuaremos a percorrer o país para dizer `basta´ de desaparecimentos, mas também para exigir justiça e punição para os responsáveis por estes acontecimentos lamentáveis», disse Felipe de la Cruz, acrescentando que, se necessário, os familiares vão pedir ajuda «a outras instâncias que não sejam o Governo mexicano».

FONTES: A BOLA

Micas Malaca, autor Geba Press.

Google+
Geba PRESS Contacte-nos contact@gebapress.com
Olá caro visitante! Envie-me uma mensagem e você terá a minha resposta.
Send
MENU