Burkina Faso: Governo está atento à situação dos portugueses

O secretário de Estados das Comunidades disse hoje à Lusa que os portugueses que estão no Burkina Faso querem manter-se no país apesar dos tumultos que já provocaram cerca de 30 mortos, garantindo que o Governo está atento a situação.

“Já foram feitos contactos com 13 portugueses que estão no Burkina Faso a fazer um trabalho temporário. Admitimos que existam mais alguns, seguramente abaixo de 20. Mas, tanto quanto sabemos, não há problema com nenhum português, nem nenhum pediu para sair do país”, disse à agência Lusa José Cesário.

FONTES: Noticias ao Minuto

Micas Malaca, autor Geba Press.
Google+
Geba PRESS Contacte-nos contact@gebapress.com
Olá caro visitante! Envie-me uma mensagem e você terá a minha resposta.
Send
MENU